Author Archives: Andre

About Andre

O cara que escreve o livro Phantasia RPG.

As potencialidades do RPG na educação escolar – Trabalho acadêmico

Passeando pela internet encontro essa dissertação acadêmica sobre RPG. O trabalho foi desenvolvido em 2008 por Rafael Carneiro Vasques com o objetivo de obter título de Mestre em Educação Escolar pela UNESP.

Li rapidamente seu conteúdo e considerei as informações interessantes de maneira geral. Dessa forma, exponho-o aqui para conhecimento de outros jogadores e narradores.

Espero que gostem.

books1

Clique na imagem para iniciar o download.

 

 

Polidamas de Escotusa (Polydamas of Skotoussa) – campeão olímpico

Polidamas foi, segundo relatos de historiadores de sua época, “o maior homem de seu tempo” e foi campeão olímpico em 408 a.C.; sua fama era conhecida e, inclusive, tem seu nome citado na obra A República. Entretanto,embora tenha sido campeão olímpico apenas uma vez (perdeu seu título em 404 a.C.), fez grande fama com outros feitos que marcaram a historia de seu povo (era originário da cidade de Escotusa) e que trouxeram grande orgulho aos Helenos em geral.

polydamas

Polidamas.

 

Entre os feitos que lhe renderam fama através dos tempos estão a vitória nos jogos olímpicos de 408 a.C. como lutador de pancrácio (obviamente, afinal esse não é um feito simples de se obter); ter, com suas mãos nuas, sufocado um leão aos pés do Monte Olimpo; ter também parado, apenas com seu corpo e vigor, uma carruagem a pleno galope; ter dominado um touro furioso apenas com suas mãos; *ter vencido 100 Imortais Persas, a convite de Dário II, sendo que, após ter matado facilmente o primeiro desafiante, combateu os demais 99 de 3 em 3.

Todos esses feitos garantiram grande fama a Polidamas, contudo, seu fim foi o que o imortalizou. Em um dia quente de verão Polidamas e alguns amigos celebravam mais uma vitória bebendo vinho e conversando em uma gruta; contudo, o local sofreu com tremores e o teto da gruta começou a ceder e, para que seus amigos pudessem se salvar, Polidamas segurou o teto por tempo suficiente para que todos pudessem sair da gruta e, quando o último deles conseguiu escapar, o campeão encontrou seu fim.

*O local de sua morte foi marcado com uma estátua e passou a ser honrada pela visita de atletas, na sua maior parte formada lutadores de pancrácio, que buscavam inspiração e favorecimento divino, bem como o solo ao redor foi considerado sagrado.

Nota: As duas citações contendo “*” foram um pouco romantizadas por mim. Explico. O confronto contra os Imortais Persas é real, contudo a quantidade de homens não fica clara nos relatos, sendo dito apenas que Polidamas enfrentou e venceu vários deles lutando contra 3 por vez. A forma como encontrou seu fim igualmente é procedente e os campeões olímpicos recebiam veneração e culto caso atingissem grande fama; dessa forma, não é de se duvidar que o local pudesse ter sido consagrado à memória dele e recebido visitas de pessoas que o admiravam e buscavam obter seu favor divino.

Apotheon – game

Comprei um jogo para PC chamado Apotheon, o qual é inspirado na cultura Helênica e que valeu a pena o tempo e dinheiro investidos.

Sua estrutura de jogo é bem simples, contudo bastante eficaz. Seus gráficos imitam o design próprio das figuras existentes em cerâmicas feitas pelos Helenos.

apotheon1

Apresenta várias citações de obras do período tratando sobre a relação entre deuses e homens; tem um nível de desafio interessante, além de apresentar aventuras fora da linha principal (o desafio de Dionísio é quase impossível de fazer, ainda não consegui).

“Zerei” o jogo e achei muito bom. Gráficos competentes e fiéis, além de uma dinâmica de jogo intuitiva e desembaraçada. Garante um tempo bom e com desafio interessante. Sistema de combate igualmente interessante.

Aos interessados, há a possibilidade de comprar pela Steam ou no website http://www.apotheongame.com/

Vale a pena conferir!

Ps.: Como último comentário gostaria de dizer que a visão do templo onde ocorre o desafio de Ares é perturbadora: no templo do deus da guerra vários guerreiros aparecem, incessantemente, para se matar (e te matar também) apenas objetivando derramar sangue, pura e simplesmente, até formar, literalmente, rios de sangue!

Esculturas gregas eram coloridas!

Sim, por incrível que pareça, estudos revelam que as esculturas do mundo antigo eram bastante coloridas (vale lembrar que o uso de coloração era algo custoso e, portanto, caro e, consequentemente, indicativo de riqueza).

Nossa imagem mental das esculturas é basicamente essa:

escultura1

Entretanto, os estudos revelam que as esculturas seriam, na verdade, assim:

esculturapintada1

Fiquei surpreso quando soube dessa descoberta, contudo confesso que negar a possibilidade de que os antigos jamais tivessem dado cor às suas criações chega a ser ingenuidade. Afinal, se coloriam tecidos e afrescos, por que não imaginar a possibilidade de terem colorido suas esculturas?

Essa, sem dúvida, é uma descoberta interessante e que muda a forma de imaginar a arte feita pelos povos antigos.

Receitas!

Comer bem era algo valorizado na cultura Helênica.

Assim, apresento receitas próprias dessa cultura e que foram traduzidas do livro “Greek Cookbook – Village Taverna Recipes”.

Nota: Não estão todas traduzidas ainda e, de pouco em pouco, vou testando e traduzindo. Para fazer o download basta clicar na imagem.

greek cookbook

Clique na imagem para baixar o arquivo com as receitas traduzidas. Última atualização em 16/2/2015

 

7 anos de Phantasia RPG

O sistema Phantasia RPG foi registrado junto à Biblioteca Nacional em 18 de janeiro de 2008 e, portanto, já tem 7 anos de vida!

Agora, caminhamos para a criação e desenvolvimento do livro na sua versão 2.0, visto que a versão 1.0 restou incompleta. A nova versão busca ser ainda mais ágil e completa que a primeira, bem como oferecer uma quantidade melhor e maior de material para uso dos jogadores.

A divisão, provisório, do índice da nova versão é a seguinte:

1 – Apresentação; 2 – Construção de personagens; 3 – Regras gerais; 4 – Combate e outros subsistemas; 5 – Equipamento e campanha; 6 – Estrutura narrativa e 7 – Cenário.

Até o presente momento o trabalho se encontra paralisado no capítulo 4.

Infelizmente não pode ser dado andamento mais rápido para o processo criativo devido problemas ocorridos na vida do autor – uma série de problemas financeiros e de saúde ocorridos em série para ser mais claro. Contudo, nesse ano de 2015, as coisas parecem ser apresentar melhores e, portanto, não é exagero pensar que haverá andamento no processo criativo bem como a exposição do que já foi escrito para apreciação pública, após terem sido tomadas as devidas precauções legais.

Uma das boas notícias desse 2015 é a reformulação da estrutura do antigo website, o qual permitirá ao autor atualizar o conteúdo com maior eficiência e frequência.

Agora temos tudo para começar 2015 com o “pé direito” (em especial o autor que está com o joelho direito (pois é, bem esse) “novo em folha” depois da cirurgia e com as contas, quase todas, em dia)!

Recomendações para manter uma boa saúde

Regras de alimentação e saúde elaboradas por Mikkel Hindhede.

Mikkel_hindhede

Mikkel Hindhede, foi muito sábio e salvou muitas vidas.

1 – Lembre-se que a alimentação simples e sem ingredientes constitui a nutrição mais eficiente para a saúde: pão integral, batatas, manteiga, leite, legumes e frutas devem ser os alimentos de eleição diariamente. Coma, no máximo, três vezes ao dia. Coma devagar e salive bem. Abstenha-se do erro corrente de pensar que legumes tem pouco valor nutritivo, e que devem ser ingeridos em grandes quantidades. É arte sumamente difícil alimentar-se bem, com sobriedade. Quando se levantar da mesa deverá sentir disposição para iniciar o seu serviço. Meia hora, no mínimo, antes da refeição, deverá sentir acentuada fome, pois, assim qualquer refeição bem preparada lhe apetecerá. Não conseguindo comer com gosto um bom pedaço de pão integral com manteiga sem recheio, deverá esperar até que a fome lhe desperte o necessário apetite. Nunca lance mão de aperitivos. Não esqueça que a dona Fome é a melhor cozinheira. Poderá ser de grande proveito para pessoas de vida sedentária, jejuarem um dia por semana.

2 – Não use bebidas alcoólicas, não fume. Evite o mais possível o café. A melhor bebida é a água da fonte. Querendo tomar algo de quente, beba água quente com mel ou melado com creme de leite, ou um substituto do café (café de aveia torrada ou cevada). Chás leves são também recomendáveis.

3 – Deite-se cedo e levante cedo. De manhã, seguida de uma fricção ao levantar, ducha fria se for jovem, morna se tiver idade mais avançada. Zele também por suficiente exercício da musculatura ao ar livre (serviço na horta, jardinagem, esporte, ginástica, etc.). Se para isso lhe faltar a possibilidade, deve diariamente providenciar – de acordo com sua constituição – um bom passeio de 5 a 8 quilômetros. Evite, quanto possível, bonde, ônibus e automóvel.

4 – Se levar vida sedentária, use agasalho suficiente quando sentir frio; se, porém, trabalhar ao ar livre, dispense muita roupa. No verão use roupas mais leves possíveis; o melhor é a fazenda porosa. Banhar-se em suor é contra a saúde. O suor deverá poder evaporar. Tonifique a sua epiderme tomando sol. O sol cura o maior número de moléstias.

5 – Observe a antiga lei moral: “Um homem só com uma só mulher”. Isto constitui a melhor garantia para a preservação de moléstias venéreas, que requerem para a sua disseminação sempre três pessoas. É o ideal se realizar o matrimônio cedo, baseado no sistema de vida simples com desprezo pelas complicações da vida moderna, favorecendo o bem-estar dos cônjuges. Que os homens enfim, compreendam, que, quanto mais procuram os prazeres artificiais mais se acentua na alma o tédio e o fastio da vida. O maior gozo é conquistar a saúde do corpo e da alma, tanto que se possa dispensar a ansiedade pelos prazeres artificiais. Ter todas as fibras da alma, e todos os nervos e músculos do corpo aviventados e irrigados pela seiva animadora da saúde é a base de única e real satisfação da vida que não deixa sequela, ou ressaca. Moderação e modo simples de vida são os únicos caminhos que conduzem à felicidade.